segunda-feira, 15 de setembro de 2008

A BELEZA DAS PESSOAS E O SEU MISTÉRIO

A beleza de uma pessoa no seu conjunto, exterior e interior em relação a outra, depende muito da pessoa que está a observar, as variantes são imensas e aquilo que certas pessoas vêm, as outras não conseguem muitas vezes identificar o mesmo.
A beleza tem parâmetros exteriores e interiores, estes são medidos por terceiros, que nas suas mentes definem os valores daquela que observam, esses valores podem ser descritos como por exemplo, exteriormente: (bonita, feia, magra, gorda, alta, baixa, etc.), interiores: (simpática, antipática, amiga, meiga, mais ou menos inteligente, honesta, falsa, etc.).
È por estas diferenças que, o ideal para uns deixa de ser para outros e vice-versa.
Assim as pessoas com tantas diversidades, procuram pontos que de alguma forma os cativem, para que obtenham um relacionamento no intuito de se aproximarem, esta aproximação pode ser de simples conhecidos, amigos ou até de carácter amoroso.
As aproximações entre pessoas de certa forma tornam-nas mais sociáveis, que levam a maior aceitação por parte de terceiros, estes começam a ver a beleza dessa pessoa e tirando conclusões com mais pormenores, a aceitação é mais qualificada do que uma mera passagem sem a proximidade.
Por haver tantos caracteres a identificar e tantas diversidades de beleza, as pessoas tentam manter o que apreciam, mas no entanto por vezes nunca satisfeitas procuram olhar para outras belezas.
E isto como tem pano para muita manga, fico por aqui hoje.

MISTÉRIO

À flores que são belas
Por serem vermelhas,
Brancas, amarelas
…………………..

São belas de ver,
Gostosas de olhar,
Mas passam por elas
Sem as querer tocar!

Há flores vermelhas,
Brancas, amarelas…
Mas qual o mistério
Que existe nelas?!...

Ao tentar colhê-las,
De belas que são,
Esvai-se o aroma
Que havia em betão!

Gostosas de ver,
Gostosas de olhar,
Há flores tão belas
Bem cedo a murchar!...

7 comentários:

Paula disse...

Bom dia,
O conceito de beleza é algo complexo, na maioria das vezes a beleza é o que se vê e não o que se conhece...o que é agradavel à vista é o que chama a atenção... Gostei do poema, também sou uma flor: Papoila!!!
Beijocas
Paula

Val disse...

Boa tarde Luis, adoro vir aqui no seu blog fico encantada com cada post que leio. Sinto cada palavra que você escreve e nós refletir sempre.
Beijos de amizade

ONDINHAS disse...

complexo, mesmo, esta defeniçao!!!

mas...e há pessoas tão belas!8de coração tão puro) outras...enfim tudo faz parte do nosso mundo.

bjinho

T!na disse...

Boa tarde,
Kantas vezes não passamos por uma pastelaria, entramos e escolhemos o mais bonito bolo o mais apetecivel, e depois a desilusão total... nem sabor tem...

Nem sempre o k é bonito por fora, é bonito por dentro, e nas pessoas tb assim é.Deveriamos ter em conta ke a beleza interior supera a beleza exterior, mas isto klaro sou eu a falar.
Klaro ke keremos sempre mais... a beleza exterior unida com a interior,ás vezes temos sorte de encontrar,

bem isto dava pano para mangas... hahahha

jinhos
T!na

Queruby disse...

Ola
Agradeço e retribuo a visita. Sinta-se a vontade para aparecer quando quisere, as portas do meu blog estão sempre abertas, e quem vem por bem e sempre bem vindo :)

Uma boa semana

Bjs

Sonhadora... disse...

Olá, muitas pessoas dizem q a beleza exterior não conta e q a beleza interior é a q prevalece, qdo na realidade é tudo muito complexo.

Eu acho q duas pessoas se atraem por afinidades, por gostarem de estar próximas, a partir daí pode ou não haver algo mais...além de amizade.

bjos muitos prá ti!

Quase nos 50 disse...

"A beleza está nos olhos de quem olha"

A aparência é o cartão de visita de cada um mas apenas isso.
O essencial está muito para além do que mostramos....e ainda bem!

Um abraço e obg pelas palavras