segunda-feira, 13 de Abril de 2009

PALAVRAS DE CARINHO e AMIZADE…

Quantas vezes dentro de nós temos palavras de amor para dizer a alguém e só não as dizemos para que não exista possibilidade alguma de essa declaração nos criar imensa dor, pois podemos ferir alguém e sairmos feridos de tal revelação.
As indecisões tornam-se de alguma forma cruéis, pois fazem com que tenhamos constantes conflitos interiores, estes obrigam alterações a nossa postura perante e durante o nosso percurso de vida.
Hoje estive com uma amiga extremamente sensível, esta está a passar por um momento de incompreensão por parte de alguém, sente-se muito abatida por ter dito umas verdades vindas do fundo do seu coração, as quais não foram devidamente aceites pelo receptor, sendo devastadoramente indelicado para com ela.
As pessoas deveriam procurar encontrar uma forma de respeitar o próximo, sendo amáveis por muito até que isso lhes custe, não é com hostilidades que se resolvem as situações, ainda por cima com argumentos que não tem ou fazem sentido algum.
O Mundo começa a ser um mar de imensas desculpas, estas, que na sua maioria inventadas com tanta rapidez, que o seu principal objectivo de desculpa torna-se numa imperdoável piada de mau gosto.
Sempre segui a verdade, preferindo algumas vezes a omissão desta, do que uma simples e inocente mentira.
Confortei a minha amiga com palavras e se na verdade o mundo está cheio de desgostos no percurso da vida de cada um, todos devemos com lucidez olhar em frente abandonando algo podre que o presente nos dê.
A vida segue sempre, haverá sempre obstáculos, os quais devemos com todo o nosso cuidado evitá-los e ignorá-los, penso que ela se convenceu da realidade encontrando-se mais animada.
Ela convidou-me para um jantar caseiro feito por ela, naturalmente teve uma mãozinha minha, os bifinhos de cogumelos estavam óptimos.
Mas estava longe de casa e tive de me vir embora, mas vim feliz pelos belos momentos que lhe dei a ela.
Sentado no sofá li isto.
UMA HISTÓRIA DE AMOR, CARINHO E FELICIDADE!
O AMOR
Diz à Felicidade:
_Eu sou teu.
Tu és a graça primorosa
Que me faz brilhar
Em corações tão carinhosos!
.
Sorrindo,
A Felicidade
Responde ao Amor:
_Tu és a razão do meu existir.
Sem ti eu não encontraria
Uma alma querida
Para nela aninhar-me!

Diz o Poeta
Colocando suas mãos
Sobre os ombros
Do Amor e da Felicidade:
_Ah, vós, Amor e Felicidade

Sois deuses bondosos
Que a mim criastes momentos tão doces
Para viver bem juntinho de minha Linda Princesa!
Então a Linda Princesa surge da fragrância
De uma flor cor-de-rosa;

O Poeta corre ao encontro da Linda Princesa;
O Amor e a Felicidade se abraçam;
O Poeta e a Linda Princesa se beijam;
E o Carinho semeia sensibilidade
Em todos os corações
(Autor: Rcb)
Que a semana seja generosa em harmonia e felicidade.

3 comentários:

Val disse...

Boa noite Luis,lendo seu texto como tem pessoas que gostam de magoar as outras amigo.Tem um ditado muito bom:
Não façam o que você não quer que façam com você (essa é velha mais válida). Pensem na vida como uma longa escola, que aprendemos 24 horas por dia (até quando dormimos), ame itensamente, a vida sempre lhe retribuirá com o mesmo.
Que jantar maravilhoso amigo ,que sua amiga te ofereceu e claro que você ajudou rs...colocando seus temperos maravilhoso que eo amor e o carinho em tudo que faz meu amigo.Ah!Luis você é um amigo espcial,continue assim querido.
Achei lindo sua escolha do poema ,aqui deixo a você e sua amiga.Por isso todos os dias devíamos agradecer a felicidade que temos, pouca ou muita aos nossos olhos. E saber partilhá-la, que é muito importante!
Beijos com carinho

Pelos caminhos da vida. disse...

Aqui faz aqui paga,esse ditado é certeiro.
O mundo precisa de mais pessoas assim como vc amigo,vc é uma pessoa especial e iluminado continue assim.

Boa noite.

Um gde abraço.

beijooo.

Paula disse...

Há sempre alguém a precisar de um ombro amigos...
Beijos