segunda-feira, 6 de outubro de 2008

SEGUNDA-FEIRA AVENÇOADA

Tudo correu dentro dos parâmetros normais, um dia sossegado e todo foi cumprido.
Duas reuniões a horas e rapidamente solucionadas.
Num momento de calmaria, enquanto tomava um café a seguir ao almoço, verifiquei que o quadro que imaginava das pessoas presentes, continuava a ser um quadro de insatisfação e desanimo da vida actual, pela esperança de uma vida realizada.
Mas havia uma excepção numa mesa onde a alegria emanava nas três senhoras dessa mesa, uma das senhoras, que por acaso parecia ser bastante jovem, tinha acabado de receber uma noticia, tinha-se tornado avó, então em alto e bom som ouvia-se a senhora a dizer quase em histeria, abraçavam-se e saltavam, uma dizia sou “AVÒ”, riam-se de felicidade enquanto ela dizia mostrando a foto recebida pelo telemóvel, "Sou Avó, Sou Avó"“È lindo e saudável”, naquele momento as pessoas mudaram os seus pensamentos e iam comentando o facto sucedido, alguns ficaram bastante alegres e riram-se também.
Até eu, que ainda me lembro bem do momento feliz que transformou o meu dia.

GOSTAVA DE SER

Gostava de ser uma flor,
Se tu fosses Primavera!
Não me importava ser Muro,
Se tu fosses uma Hera!

Ser Flor!...
…absorver teus raios de calor,
Primavera abençoada,
Por ti beijado,
Por ti amado!...

Ser Muro!...
…por ti abraçado,
Como a hera que o enleia!
Muro alto,
Trepadeira,
Meu sonho;
Minha flor;
Minha roseira!...
Autora; Alda Belo

2 comentários:

Sonhadora... disse...

"Gostava de ser flor, se tu fosses primavera"...perfeito.

Um dia tranquilo em q a felicidade dos outros contagia... é como uma flor em botão q a primavera deixou abrir.

Fiz um Selinho Prêmio para oferecer aos blogs q estão no meu coração e o seu com certeza está, gostaria q aceitasse,o código está na coluna e se vc quiser repassar prá outros blogs q vc gosta, quero q fique a vontade, tá.

bjos da sonhadora!

Paula disse...

Olá bom dia,
Uma criança, ou antes o nascimento de uma criança é uma benção... Também agora me fez lembrar a imensa alegria que senti no dia em que o meu menino nasceu... Posso dizer que chorei de alegria. É sempre bom ver momentos de felicidade assim, sorrisos..
Beijocas,
Paula