sábado, 4 de outubro de 2008

DIA DE DESCANSO E DIVERSÃO

Hoje é dia para ir dar uma volta com um destino que se irá fazendo, foi este o meu pensamento quando me deitei e foi o que fiz quando acordei, nada de pensar, sossegar a cabeça e ir livre sem direcção, mas sim com um sentido de aventurar-me a descobrir algo, que nunca tinha visto ou pisado anteriormente.
Primeiro era ver opções, ir num comboio ou num expresso, rasguei dois pequenos papeis com os nomes do transporte e calhou comboio, mais quatro papeis, com os pontos cardeais, calhou linha Este, assim fiz, rodei um dedo com os olhos fechados pela linha do Este no mapa, este ficou mais perto de uma aldeia chamada Vila Verde.
Fui comprar um bilhete e quando o comboio chegou, entrei e sentei-me, li o jornal que tinha comprado e fui vendo paisagens.
O percurso demorava três quartos de hora, tempo que passou rápido, pois ia apreciando de tudo com grande atenção, partes do rio, arrozais, cegonhas e outras aves, casas e casarões, cavalos e gado bovino.
Chegada ao apeadeiro de Vila Verde que fica perto do mar, ficando a três km da foz, não é aldeia muito grande, por isso estava decidido conhecer todas as suas ruas, planas e inclinadas passeei em quase todas, por vezes as pessoas cumprimentavam como se eu fosse um habitante da aldeia, eu, retribuía e até falei com duas pessoas que se encontravam a pescar.
Almocei num pequeno restaurante, daqueles para vinte lugares sentados, a comida caseira estava um espectáculo, bifes de cebolada, com batatas, pão, sumo e café 4,5 €.
Agradeci e fui andar um bocado pois tinha comido bastante, devagar, devagarinho lá fui no meu caminho, continuando pela estrada á beira do rio fui até á foz, vi um parque com bancos e sentei-me revivendo as imagens que tinham ficado na minha memória, o tempo foi passando e eu estava perto da estação de comboios.
Chegou a hora de regressar a casa, fui para a estação e foi o regresso a casa com um dia bem passado, sem pressas nem stress, nada me incomodou e tenho muito mais paz dentro de mim, como um livre passarinho no Céu.

5 comentários:

Sonhadora... disse...

Amigo,

q paz, q tranquilidade q senti qdo fui lendo cada palavrinha, viajei com vc em imagens q foram se formando e em pensamentos e foi como se em segundos eu tivesse passado esse dia com vc.

bjos e úm ótimo fds!

lebasi disse...

Seja sempre feliz, bem haja...
Um beijo.

More Than Words disse...

boa tarde,
RALMENTE COMPLIKADO PASSAR UM DIA ASSIM ...SÓZINHO.
NÃO SEI SE SERIA CAPAZ DE PASSAR UM DIA SOZINHA A PASSEAR...
KEM SABE? ESTOU HABITUADA A ESTAR RODEADA DE PESSOAS.

JINHOS

Quase nos 50 disse...

Tem piada que eu muito de vez em quando tb faço isso: meto-me num comboio e vou à descoberta.
Levo apenas a minha pessoa, a máquina para mais tarde recordar e um livro ligeiro para o caso de ter de "fazer tempo".
E quando regresso sinto-me renovada, com energia e feliz comigo mesma.
Acho sempre que foi um dia em que recarreguei baterias.
Um abraço

Paula disse...

Bom dia,
Belo paseio... Muito bem, nada como mudar de ares e dar uma volta, conhecer novos sitios e arejar as ideias..
Faz bem à mente..
Beijocas
Paula