terça-feira, 7 de outubro de 2008

NOSTÁLGICO COMO O TEMPO

O trabalho correu normal o tempo é que puxa para o isolamento mental.
Hoje sinto-me triste como este dia, que com uma névoa chorada de chuva fina, que me entra inalada pelas narinas com a ajuda de uma leve brisa fria, que me enregela os meus sentimentos, estes que vão muito devagar congelando e assim tentando apagar a ténue chama que ainda aquece ternamente o meu coração, este que começa a verter algumas lágrimas de sangue, pela constante ausência de carinho e compreensão, deixando entrar em certos espaços da minha vida momentos de grande solidão e desilusão.

MEU PORTO DE ESPERÃNÇA

Olho-te nos olhos,
Como quem procura
A verdade oculta,
Que neles perdura!

Olho-te nos olhos
Que lembram trigais,
Onde o trigo ondula
Com o vento a mais!


E vejo neles,
Nesses olhos teus,
Brincando com ele
Como sendo meus!

Que louca ilusão
Seu brilho me dá,
Ao baloiçar neles
De cá para lá!

E nestas ilusão,
Nesta fantasia,
Mal começa a noite
Eu desejo o dia,
Para ver brilhar,
Nesses lindos olhos,
Meu porto de esperança
Neste mar de escolhos!...
Autora; Alda Belo

8 comentários:

ONDINHAS disse...

ola...eu hoje adorei o dia! cheio de chuva...soube bem ve-la cair atraves da vidraça...mas isso sou eu!

espero que o seu dia de amanha seja bem melhor, um bjinho

Gasolina disse...

Olha que pasmaceira se todos gostassemos do mesmo?!

Eu amo a chuva, adoro estes dias fechados. Só tenho pena que não esteja (já) mais um pouco de frio.

Vê só: A chuva lava as ruas, arrasta os restos de um passado. Que o caminho faz-se caminhando, sempre em frente.

Ânimo Luís XIV!

Fica bem

rena_perdida disse...

Um mimo

Persistência...

Não lamente aquilo que passou...
Nem chore o que o tempo desfez...
Repare que o vento que foi nunca voltou...
Mas um novo vento sempre sopra outra vez.

Não fique triste se ainda não conseguiu...
Ser grande como tanta gente no mundo...
Pois a estrela tão pequenina que você nem viu...
Também ajuda a iluminar o céu profundo.

(tambem não gosto de dias chuvosos)

sonhos disse...

Dias de chuva, esses que trazem uma certa noltagia, onde apetece, o aconhego da solidão.

Beijinhos

Paula disse...

Olá bom dia,
Tristeza não... Só alegrias e sorrisos, acho que já me disseste isso..Devolvo o que me dizem.
Beijos muito grandes,
Paula Cruz

Xinha disse...

Pois.... não te quero triste !!
As tristezas não pagam dividas...

Ouvi falar em chuva, e claro, vim logo abrigar-te... também não te quero constipado !! ;)

Bela escolha poética.

Xi-coração

Violeta disse...

Deixo-lhe as mesmas palavras que me deixou: Esperança.

Obrigado pela visita.

Carla Sofia disse...

Espero que esteja melhor.
Vamos lá!
beijinhos