sábado, 29 de novembro de 2008

POIS ENTÃO UM BOM SÁBADO…


Em tempo de chuva, existe mais sossego para fazer as coisas com calma e sem interferência de telefonemas nem visitas, tirei mais este dia para fazer mais uma receita com paciência.
Mas antes vou contar um dos dois casos caricatos que me contaram durante esta semana, pois o outro fica para amanha.
Eu tive de visitar um cliente que tem um armazém de materiais de construção, este no fim-de-semana passado na noite de Sábado para Domingo teve uma tentativa de assalto nas instalações, estas não tinham o alarme ligado, os assaltantes que tinham por volta de 19 anos entraram por escalamento, tendo retirando uma das chapas da cobertura do telhado entraram e começaram a tentativa de assalto, mas o inesperado aconteceu para os ladrões dentro do armazém, encontravam-se lá os dois cães de guarda do meu cliente, estes estão treinados e são enormes, ao verem os dois ladrões lá dentro puseram-se a correr atrás deles, os ladrões ao vê-los esconderam-se numa das casa de banho com a porta fechada, pensaram em tudo para se libertarem, mas era impossível retaliar com os dois cães á espera na porta.
Ora o armazém fica numa zona isolada e poucas pessoas passam por lá ao fim de semana, assim os ladrões só foram encontrados pelos empregados na segunda-feira, cheios de medo e de fome.
Segundo os empregados tentaram pedir desculpas mas acabaram por serem apresentados aos polícias que foram chamados ao local.

E agora vamos á receita do meu almoço.
LINGUADO ASSADO
Amanha-se o linguado fresco, deve ser grande e alto. Corta-se uma cebola em rodelas fininhas e dispõem-se estas no fundo de uma travessa de ir ao forno. Golpeia-se o linguado do lado escuro, no sentido perpendicular ao comprimento e enchem-se os golpes com um pouco de manteiga.
Coloca-se então sobre a cebola, rega-se com uma colher de bom azeite e uma colher de manteiga. Deita-se por cima uma mistura de pão ralado, um pouco de sal fino, pimenta moída e queijo ralado, isto tudo a gosto.
Vai ao forno brando e quando assado, serve-se na travessa em que foi cozinhado.
Fica um pitéu.

Um pequeno verso:
TEU NOME É SAUDADE

A teu lado não estou só,
Se estou só, estás comigo!
Se a saudade tem teu nome,
Olvidar-te, não consigo!

Bem pessoal fiquem bem e bom “trato” com o merecido descanso.

5 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Esse ladrão se deu muito mal(será que aprendeu a lição?).
Vê se é hora de visitar alguém,faltam cinco minutos para meia-noite,estou sem sono para variar e pensei: vou fazer umas visitas,quem sabe o sono chega, mas agora com uma receita dessa de linguado,ai mais bem que o sono foge de vez e a boca junta agua de vontade de comer um linguado(rs).
Adoro peixes mas aqui em casa a turminha não é muito chegado não,enqto isso vou ficando só na vontade,pra fazer só pra mim e degustar sózinha ah...não.

Otimo domingo pra vc amigo.

Qual vai ser o cardápio de domingo?


bjs.

Val disse...

Bom dia Luis,ainda bem que os ladrões não conseguiram roubar nada e tiverem o que mereceram.Você com suas receitas maravilhosas hummm....que bom que seu sabado você dedicou as coisas que você gosta de fazer.Que pensamento lindo que nós oefereceu.Tenha um domingo maravilhoso.Mais tarde passo aqui para ver as novidades.
Beijos com carinho

Quase nos 50 disse...

Amadores ;-))
Hoje em dia tudo tem que ser palneado ao segundo....até um assalto a um armazém isolado.
O peixinho tem óptimo aspecto.....bom apetite.
Um abraço e boa semana

Violeta disse...

Pois eu lamento pelos cães. Que pelos vistos também não têm direito a comer ao fim-de-semana.

Paula disse...

Olá,
Parece que os ladrõs tiveram a paga no momento... Boa!!
Beijocas,
Paula