domingo, 16 de novembro de 2008

DOMINGO SOALHEIRO…

Bela manha para dar um passeio pela beira-rio até ás docas, aprecia-se os patos a nadarem com as gaivotas que decidiram já algum tempo abandonarem a foz, anda-se a pé quatro quilómetros e parasse num quiosque para comprar o CM, procura-se uma esplanada para tomar um café, dando um pouco de sossego as pernas esticadas sobre o muro da margem do rio.
Encontrei um pessoal amigo, conversa para aqui conversa para acolá e horas de regressar a casa para almoçar e ver um pouco de TV, segundo uma informação dariam filmes que não seriam repetidos como é hábito nos canais.
Era verdade e fiquei a ver televisão e escrevendo algumas anedotas que me contaram como estas.

Num comboio, ia um homem que de vez em quando desatava á gargalhada e depois abanava a os ombros, depois de várias vezes, um passageiro perguntou.
-Afinal, porque é que você de vez em quando se põe a rir?
-É que me vou lembrando de anedotas cada vez, melhores!
-Aaaah, mas porque é que depois de cada gargalhada o senhor encolhe os ombros?
-É que chego á conclusão que já as conhecia.

Uma senhora comprou um Mercedes ultimo modelo e orgulhosamente saiu do concessionário conduzindo-o. No meio do caminho, ela tentou mudar de estações de rádio e não conseguia de jeito nenhum. Deu meia volta e retornou ao stand de automóveis. Chegando, foi reclamar com o vendedor que a tinha atendido, o qual imediatamente se desculpou.
- Calma minha senhora! É que me esqueci de lhe contar que este é um rádio japonês automatizado. Por exemplo a senhora diz – “Musica Sacra” e o rádio começou “Erguei as mãos…”, o vendedor prosseguiu, outro exemplo – “Axe Music” e o rádio mudou outra vez e passou a dar “Segura o Tchan..Tchan..”.
A senhora ficou maravilhada com a tecnologia, pediu desculpa e saiu satisfeita. No meio do caminho, diz “Rock and Roll” e entra uma musica dos Rolling Stones. De repente, um carro vem que nem um louco fora de mão e quase bate no Mercedes novinho que num reflexo ligeiro tira o carrão do caminho salvando-se do embate quase certo. Passado o perigo ela vira-se para trás e grita – FILHO DA PUUUUUUUUTA! No mesmo instante a música do rádio é interrompida pela seguinte mensagem.
- Interrompemos a nossa programação para ouvir um discurso do Excelentíssimo Senhor Primeiro-ministro José Sócrates.

Peço desculpa a admiradores do primeiro-ministro, eu propriamente nem sou nada político, pois das minhas politicas trato eu.
Fiquem bem pessoal e uma boa semana de gargalhadas.

8 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Bela manhã de domingo que vc passou,encontrar uns amigos e colocar os papos em dia é tudo de bom.

O meu foi ótimo pois recebi visitas,e minha cunhada resolver ficar essa semana aqui,e eu amei a idéia.

Obrigado pela sua visita.

Um começo de semana de muita luz para vc.

beijooo.

Quase nos 50 disse...

Não há dúvida que somos uns felizardos por vivermos neste cantinho!
O sol que nos aquece a alma também enche de beleza estes dias frios.
Um abraço com desejos de uma boa semana

Val disse...

Boa tarde Luis,maravilhoso passear e encontar com os amigos.Distraiu e renovou suas energias para ter uma semana maravilhosa.Tenha uma semana maravilhosa,com muitas alegrias e paz meu amigo.
Beijos de amizade

Paula disse...

Olá boa tarde,
Também és adepto dos passeio matinais ao Domingo... Muito bem, eu faço o mesmo:)
Beijocas e boa semana,
Paula

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo, belo texto... Simplesmente adorei!!!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Val disse...

Boa noite,passando para te desejar bons sonhos e adorei sua visita em meu blog.Ficarei esperando sua nova postagem .
Beijos com carinho de amizade

pin gente disse...

a minha manhã de domingo é parcialmente passada a pedalar na foz... vendo patos e gaivotas em amena cavaqueira.
como o domingo já lá vai, vim desejar uma boa semana.
abraço
luísa

Nela disse...

Luis, peço desculpa sincera, mas não foi esquecimento que não o comentei, mas sim falta de tempo, sabe ao domingo também vou fazer caminhada, mas como moro perto da praia, era 8,3O da manhã já lá estava com a minha filha e a minha cadela, que coitada já não a levo mais, ela está velhota, e estava um pouco de frio, tivemos que a pôr no carro.Estive junto ás docas, á noite um passeio que fizemos porque fomos jantar ao Monsanto, passamos pela Baixa Lisboeta para ver as luzes, e pronto, domingo passado.Adorei a sua anedota, e sabe não admiro o primeiro ministro nem um pouco...gostos claro, que não me podem levar a mal.Olhe Luis é pena ser longe senão fazia ~he um bolo, já que disse que de doceiro não entende muito, mas quem sabe' BOA SEMANA FIQUE BEM.