quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

EMBORA DOENTE RECEBI UMA VISITA…

De alguém que aprecio muito, alguém que mora distante da minha cidade e que veio visitar-me.
Ela é uma pessoa maravilhosa e merecia toda a minha atenção para lhe mostrar um pouco da cidade, pois ela só podia estar cá cinco horas o que é relativamente pouco tempo para lhe poder mostrar os locais mais interessantes.
E assim foi, mesmo doente, eu levei-a a visitar a baixa da cidade, as suas características de monumentos e as suas ruelas cheias de lojas de comércio.
Naturalmente que me esforcei para que ela tivesse uma boa estadia num local totalmente desconhecido para ela, embora já tivesse passado por cá uma vez, não teve tempo na altura de visitar ao pormenor.
Ao passo que íamos passeando eu sentia-me inseguro, com receio de não estar a ser bom cicerone, motivado pelo meu estado físico, mas felizmente ela estava contente com o desenrolar do passeio.
Chegou a hora de almoçar-mos e fomos comer num restaurante típico da baixa, depois demos mais um passeio e chegou a hora cruel da despedida e via a afastar-se lentamente dentro do comboio que a levaria de volta à sua morada.
Ia contente com o seu pequeno passeio dado na minha companhia e isso foi um bálsamo para mim pois andava de rastos, fiquei muito feliz de a rever, foi um pedaço de dia maravilhoso como só ela conseguia dar, logo numa altura destas.
È muito bom sentirmos que temos uma pessoa muito especial que sabe quando nos pode ajudar a animar o corpo e a alma.
Agradeço-lhe do fundo do meu coração.
Depois regressei para o meu apartamento com um sorriso que dissipava o meu mal-estar, tratei de mim em todos os aspectos e cama com ele.
Amanha vamos ver o que se passará, está a demorar a passar a maldita gripe e ainda por cima o zumbido nos ouvidos..
Fiquem bem e cuidado com a saúde, que é muito importante preservar.
Mas antes um café.
Fado de uma vida
Amanhecer faz - nos pensar.
Sem depender d'onde estamos,
Nasce a força devagar.
Uma luz que precisamos
Uma luz para navegar

Amanhecer faz - nos sentir.
Sem depender quem somos,
Uma força parece unir,
Ser o que já fomos
Ser Grande e partir.
Autor: Luís Alvelos

7 comentários:

ANJA! disse...

SÃO PEQUENOS MOMENTOS QUE NOS FAZEM VIVER...
BOA RECUPERAÇÃO.
BJS ANJA

Pelos caminhos da vida. disse...

Os pequenos momentos é que devemos curtir ao máximo.
Ela é muito importante pra vc né amigo?
Se cuide ta!
A saúde sempre em primeiro lugar e por falar dela,desejo suas melhoras e muita muita saude pra vc.

Um gde abraço.

beijooo.

Luísa disse...

Querido Amigo Luis

Andei mais ausente deste seu convivio e hoje deparei me com o seu estado de saude.

Tem de se cuidar.

Mas vi que a visita que recbeu o acalentou, a amizade e o carinho são os melhores paleativos para os nossos males.

Um xi coração com amizade

Luisa

Paula disse...

Olá boa tarde,
Que sorte a da pessoa que te visitou:)
Estou certa que lhe "ofereceste" um momento agradável.
As melhoras, trata de ti...
Beijocas grandes,
Paula

Anónimo disse...

Sabes que mais????
ADOREI!!!!
E mais ainda, ainda:
ADORO-TE!!!
E não terminei:
Beijar-te foi especial, único e apenas o princípio...
Estou morta de saudades...
Papoila

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

QUERIDO AMIGO, PELAS TUAS PALAVRAS FICAS-TE FELIZ EM RECEBER ESSA VISITA... AGORA TENTA REPOUSAR O MÁXIMO... BEIJINHOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

ISA disse...

Então amigo. Doente? Cuida essa gripe rápido. As gripes mal curadas podem ser graves.
Mas vou dizer-te porque estou aqui, só lamento encontrado-te doente,fui visitar meu blog e vi lá um comentário que deixaste já algum tempo e pensei: vou ver o blog do meu amigo Quatorze e aqui estou.
Vá! Coragem. Não há bem que não desejamos, nem mal que sempre duro.
As melhoras...
Jiinhos
da migiiiiinha
Isa