domingo, 6 de junho de 2010

MAIS UM BELISSIMO DOMINGO…

Vem o calor e o começo da época balnear, mais um reencontro com as amizades de verão, a luz do dia mantêm-se durante mais horas, o que proporciona longas horas de convívio até chegarem os magníficos pôr-do-sol.
Os convívios relaxantes com o meu habitual pessoal que se encontra distante estão quase a acontecer, são sempre momentos de grande prazer, onde irão voltar a realizar-se novas aventuras nos mais diversificados locais que o destino nos dará a conhecer.
A minha Amiga Inês está quase a chegar do Canadá, para matar as nossas imensas saudades da sua alegre maneira de ser e de estar.
Este feriado fui até ao rio e deixo aqui algumas fotos para as poderem desfrutar.

Tremoços e amendoins

Foi uma belissima e relaxante tarde nesse feriádo no meio da semana.

"PAIXÂO DE VERÃO"
É SILENCIO,
ESCUTO SOMENTE AS GAIVOTAS A CANTAR,
TARDE QUENTE DE VERÃO,
AS ONDAS QUEBRAM NA PRAIA,
E VOLTAM PARA O MAR,
REFRESCANDO A QUENTE AREIA,
ESCALDANTE, COM O CALOR DO SOL,
QUEIMA A SOLA DO PÉ,
DE QUEM PELA AREIA PASSEIA.
CASAIS ENAMORADOS,
NO CALOR DO VERÃO,
A BEIRA DA PRAIA,
TROCAM JURAS DE AMOR,
TROCAM BEIJOS APAIXONADOS,
SEUS CORPOS SE INCEDEIAM COM O CALOR.
DESPERTAM EM SI,
O DESEJO E A PAIXÃO
QUERENDO ESTAREM JUNTOS NA ETERNIDADE
É O JOGO DA SEDUÇÃO.
ACABA-SE ENTÃO O VERÃO
E COMO O CALOR ABRASADOR
COMO UM VENTO QUE PASSOU
FOI-SE EMBORA A PAIXÃO
FOI-SE EMBORA O AMOR
TUDO VOLTA AO SILENCIO
VOLTO-ME A AO VAI E VEM DAS ONDAS
SOZINHO A BEIRA DO MAR
EU E A SOLIDÃO A ME
ACOMPANHAR.
.

O VERÃO só É AZUL no AMOR
Eu sei o que quero quando te procuro
e te peço sempre o mais,
teu corpo desperta em mim
o que já foi lobo e te vasculha
aonde só você sabe que o limite
é uma rosa que se amolda à minha gula.
O verão só é azul no amor
e se os cães latem apenas quando nasce o sol
pouco me importa, quero te amar
no deleite de uma carne
que é tua porque se arrasta
da alma minha até o teu ventre devorador
O verão só é azul no amor
e se o Anjo espera atrás da porta
alheio ao olho e ao devaneio,
eu grito na masmorra
o quanto hei de amar, amante
do teu cheiro propagado pela noite,
delirante cavaleiro que à dama busca
armado do te chamar o desejo e de esperança
mas nem por isso menos nu,
pois é no coito que desfraldo-te nas estranhas
os sonhos da minha alma pela tua,
num dizer do amor que te quer
muito mais fêmea na mulher,
que o teu limite é ser livre para o amor.
“Autorias desconhecidas”
.
Um óptimo Domingo de paz e harmonia, onde os lindos e quentes raios de Sol vos alegre as vidas.

6 comentários:

Amordemadrugada disse...

Foi passear de novo! Fotos giras! Rio! ????Castanheira de pera!?
Nan!
São gémeos, nas fotos!? lol
Ah sei lá! parece!
;)
Besito Luís das viagens...

FERNANDINHA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDO LUÍS, ADOREI AS TUAS FOTOS E POEMAS... A TUA ALEGRIA DE VIVER É CONTAGIANTE... FIQUEI FELIZ DE LER-TE...!
VOTOS DE UMA EXCELENTE SEMANA... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Val disse...

Boa noite Luis!!!Que lindas as fotos de seu feriado querido.Escolheu poemas lindos!
Tenha uma otima semana!!!
Beijos com carinho

Pelos caminhos da vida. disse...

Que delicia de passeio.

Aqui tá um frio daqueles...

Meu amigo internauta!

Você que é meu amigo,
você que sempre me socorre quando preciso,
você que fala de assuntos interessantes
às vezes coisas banais que para mim são tão importantes!
Você, que,
às vezes,
tão longe,
mas que sinto tão perto em meu coração...

Você, meu amigo,
que não vejo os olhos,
mas sinto a alma,
está sempre próximo,
bem mais perto do que a própria tela,
está mais próximo do que imagina...

Você meu amigo,
que invadiu minha vida,
fez-me gostar-te muito,
que não veio apenas através de um cabo telefônico,
mas veio do vento,
vento que nos leva para o encontro das nossas alegrias
para a proximidade dos nossos sonhos.

Você é especial,
e tudo o que se refere à você.

São tão importantes para mim:
as suas alegrias, as suas mágoas, as suas histórias e suas aventuras,
quero-te sempre próximo de mim!

Você meu amigo,
que é muito mais que um encontro virtual,
é a realidade dos meus dias!

Por você eu navego,
por você eu crio,
por você eu tenho suportado tantas coisas,
com tanta força...

A você meu amigo,
gostaria de fazer alguns pedidos:
Que você sempre permaneça,
em minha vida,
em meu coração.

Que seja meu eterno amigo;
além da tela,
além do tempo,
aqui dentro do meu coração...

(autor desconhecido).

Uma boa semana.

beijooo.

Gostei de te ver nas fotos amigo.

Paula C. disse...

Ena, ena... Sempre no passeio...
Fazes muito bem:)
Beijoca

Geraldo Brito (Dado) disse...

Saudações e parabéns pelo blog!